Homem é detido após tentar esconder cobra de quatro metros em sofá


Outra cobra, da espécie corn-snake, foi encontrada na casa dentro de um pote tampado. Os dois animais silvestres foram resgatados


Um homem de 27 anos foi detido nesta quarta-feira (04) pela Polícia Civil após tentar esconder uma cobra, da espécie Python, dentro de um sofá. O animal tem quatro metros de comprimento. O caso aconteceu em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (PR).

A polícia soube que o animal era mantido em cativeiro graças a uma denúncia. Ao chegar na residência, os agentes desconfiaram da demora do homem para recebê-los.

Reprodução/Polícia Civil do Paraná/UOL

“O interessante é que essa pessoa demorou 30 minutos para receber a nossa equipe policial. Porque ele tentou esconder a cobra e enganar a equipe policial. Quando a gente chegou não encontrávamos a Python, mas ouvimos um barulho estranho no sofá. Era a cobra se mexendo”, contou ao UOL o delegado Matheus Loiola.

O homem prendeu a cobra dentro do sofá e usou pregos e cola para fechar o forro do móvel.

Outra cobra, da espécie corn-snake, foi encontrada na casa dentro de um pote tampado. Os policiais questionaram se o animal era mantido preso no recipiente, mas moradores da casa afirmaram que não e disseram que estava “tudo bem”. O policial retrucou e disse que a cobra estava gelada.

Os dois animais silvestres, que não são venenosos, foram resgatados e encaminhados para o Centro de Apoio à Fauna Silvestre de Curitiba.

O homem foi levado à delegacia, onde prestou depoimento. Ele não informou a origem das cobras e, por ter praticado um crime considerado de menor potencial ofensivo, foi liberado após responder aos questionamentos do delegado e assinar um Termo Circunstanciado. Uma multa foi fixada, de valor não informado, e o homem responderá por maus-tratos a animais e pela manutenção de animal silvestre em cativeiro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>