Crimes

Paranaguá (PR) tem alto número de animais abandonados e maltratados

Pixabay

O abrigo municipal está lotado e, por isso, só tem recebido animais gravemente feridos e doentes


O número de cachorros e gatos abandonados em Paranaguá, no Paraná, é alto e casos de maus-tratos são recorrentes. De acordo com a diretora do Departamento Veterinário da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Thábata Cristina Nicetto Lourenço, a Semma “atua nos mais de 50 bairros da cidade e, infelizmente, todos os dias, nos deparamos com situações de maus-tratos e abandono, não somente de cães e gatos, como de animais de grande porte, como cavalos”.

Pixabay

Thábata lembra que os tutores são responsáveis por oferecer aos animais tudo que eles necessitam e garantir seu bem-estar. Ela abordou ainda a forma como é feito o tratamento dos animais resgatados. “Precisamos salientar que o Departamento Veterinário socorre animais doentes e feridos vítimas de abandono e maus-tratos. Ao serem resgatados, são devidamente castrados e permanecem no setor à espera de um novo lar”, disse ao portal Agora Litoral.

“Precisamos do apoio da população para denúncias, caso presencie alguém abandonando animais, para que medidas cabíveis sejam tomadas. Estamos com um número elevado de animais resgatados e o auxílio dos moradores é essencial para coibir essa prática ilegal, a fim de que o abandono de animais seja extinto em nosso município. É inadmissível que atos como esse ainda ocorram”, completou.

O abrigo municipal, no entanto, está lotado e, por isso, só resgata animais gravemente feridos ou doentes.

Interessados em adotar um animal podem entrar em contato com o Departamento Veterinário através do telefone 3420-6141 e, depois, comparecer ao local. “Basta levar um documento original com foto e um comprovante de residência. Será feita uma pequena entrevista com o adotante. É interessante trazer uma guia no caso de cães ou caixa transporte para adoção de gatos, assim facilitará o transporte até a nova residência”, orientou.

Pessoas que já tutelam animais também podem levá-los ao local para que recebam atendimento veterinário. O serviço é prestado de segunda a sexta-feira, com 10 senhas distribuídas a partir das 12h30.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui