Conscientização

Lena Dunham diz que Joaquin Phoenix fez ela se tornar vegana

Fotos: David Shankbone / Harald Krichel

A declaração de Dunham gerou centenas de comentários – tanto de indivíduos quanto de organizações animais como PETA e Mercy for Animals (MFA)


 

Fotos: David Shankbone / Harald Krichel

Recentemente , a produtora artística Lena Dunham creditou a Joaquin Phoenix a inspiração para ela se tornar vegana.

Além de produtora, Lena é diretora e atriz – e é bastante famosa por ter criado programa norte- americano HBO Girls. 

Dunham compartilhou um vídeo em seu Twitter  do discurso de Phoenix no Oscar e ao lado do vídeo, ela escreveu: “Finalmente aconteceu. Joaquin Phoenix fez eu me tornar vegana”.

Twitter

O tweet de Dunham gerou centenas de comentários – tanto de indivíduos quanto de organizações animais como PETA e Mercy for Animals (MFA).

A PETA disse: “Incrível. É tão fácil escolher a gentileza! Estamos aqui para ajudá-la a viver o seu melhor”.

Já a MFA compartilhou um guia vegan on-line com Dunham e escreveu: “Notícia incrível. Muito obrigado pela sua compaixão! Este guia tem ideias fáceis para refeições e dicas baseadas em plantas, se você precisar de ajuda extra”.

Confira o discurso de Joaquin Phoenix no Oscar AQUI. 


Nota da Redação: é importante esclarecer que o veganismo é um termo criado pela The Vegan Society em 1949 para descrever um estilo de vida alinhado com a defesa dos direitos animais. Para esta entidade, o veganismo é “uma forma de viver que busca excluir, na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e de crueldade contra animais, seja para a alimentação, para o vestuário ou para qualquer outra finalidade”. O veganismo, em sua raiz conceitual, não se restringe unicamente à dieta, considerada vegetariana estrita, totalmente livre de qualquer produto ou ingrediente de origem animal. No entanto, com a popularização deste estilo de vida e do surgimento de novos termos, como dietas plant based (baseada em plantas, em tradução literal) e com o aumento considerável do uso do termo “vegano” por celebridades e influenciadores, optamos por reproduzir as mesmas informações fornecidas pelas fontes das matérias.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui