Luto

Cadela olha para o céu após perder toda a sua família

Assim como seres humanos, animais também são capazes de experimentarem comportamentos e sentimentos similares ao luto humano

A cadelinha Savannah teve sua vida transformada para sempre após uma tragédia tirar a vida de toda a sua família. Rowan Baxter, de 42 anos, ex-jogador de rúgbi australiano, matou sua esposa e seus três filhos incendiados ontem (19) e cometeu suicídio em seguida. Savannah não sofreu nenhum dano. Amigos e familiares afirmam não entender a motivação do crime, que ocorreu na residência da família no subúrbio de Queensland, na Austrália.

Policiais e amigos da família acalentaram Savannah, que foi flagrada olhando para o céu, como se tivesse em busca das pessoas que ela mais amava na vida. Savannah sempre estava presente em fotos da família em redes sociais. Dave Kramer, um amigo de Rowan, se comprometeu a cuidar da cachorrinha e dar a ela uma nova vida. Ela já está na casa do novo tutor e está recebendo apoio tanto dos seus novos amigos humanos, quanto dos de quatro patas.

Luto

Assim como seres humanos, animais também são capazes de experimentarem comportamentos e sentimentos similares ao luto humano. A sensação de desalento, apatia e falta de perspectiva futura são compartilhados entre diversas espécies e atestam a senciência e complexidade da emoção dos animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui