Alerta

Apenas 0,5% dos plásticos nos oceanos são visíveis a olhos nus

Matthew Gollop/Pixabay

É impossível estimar a quantidade de plásticos que há no oceano


Matthew Gollop/Pixabay

Um novo artigo do site Guardian examinou os plásticos nos oceanos que não podem ser vistos a olhos nus. Embora as pessoas associem as garrafas pets como grandes vilãs da poluição das águas, grande parte da poluição por plásticos não é visível.

Dessa forma, é impossível estimar a quantidade de plásticos que há no oceano. O plástico que podemos ver é apenas 0,5% do total, disse o oceanógrafo Erik Van Sebille ao Guardian . O plástico de superfície é apenas parte do problema de poluição do plástico.

Atualmente, os cientistas estão estudando o quanto de plástico acaba no fundo do oceano, além disso, eles estão preocupados com a forma como o plástico se decompõe uma vez que é quase indetectável. O biogeoquímico, Helge Niemann, diz que o plástico é  “mais parecido com produto químico dissolvido na água do que flutuando nela”.

Segundo informações do site One Green Planet (9), o trabalho de pesquisa de Van Sebille e colegas estimou que 196 milhões de toneladas de plástico estão na parte mais profunda dos oceanos .


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui