Cachorro é diagnosticado com coronavírus na China


Este seria o primeiro caso de um animal doméstico com coronavírus. O cachorro está sendo mantido em quarentena em uma clínica veterinária


Um cachorro da raça Lulu da Pomerânia, tutelado por uma mulher diagnosticada com coronavírus, testou positivo para a doença em Hong Kong, na China. O teste foi feito na quarta-feira (26) após a chinesa Yvonne Chow Hau Yee, tutora do animal, levá-lo até uma clínica veterinária.

Yvonne Chow Hau Yee com o cão diagnosticado com coronavírus (Foto: Reprodução)

Amostras oral, nasal e retal foram coletadas do cachorro para exames. O resultado foi positivo fraco e, conforme informou o Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação ao jornal Daily Mail, o animal não apresentava sintomas relevantes, mas foi colocado em quarentena.

“Não temos evidências de que animais possam ser infectados com o vírus COVID-19 ou que possam infectar humanos”, afirmou o departamento.

O cachorro é o único animal mantido em quarentena na clínica, onde permanecerá por 14 dias. Até que ele esteja curado da doença, novos exames serão realizados.

O responsável pela clínica veterinária orientou os tutores de animais a manterem bons hábitos de higiene e lavar as mãos após ter contato com os animais. Usar máscaras para passear com eles na rua também é recomendado, além de levá-los a um veterinário caso apresentem sintomas.

O Daily Mail informou que este seria o primeiro caso de um animal doméstico com coronavírus.

Na quinta-feira (27), o diretor da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu que todos os países ajam de maneira incisiva para conter a propagação do vírus. Disse ainda que os recentes surtos no Irã e na Itália provaram do que o “vírus é capaz”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTUDO

FINAL FELIZ

MIGRAÇÃO

EXPLORAÇÃO

APELO

LUTO

FLORIANÓPOLIS (SC)

SÃO PAULO

INOVAÇÃO

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>