‘Como o ser humano é capaz?’, diz veterinário sobre cão esfaqueado em SP


Apesar de ter sofrido com uma hemorragia intensa, o animal não teve nenhum órgão vital perfurado e está se recuperando


O médico veterinário Marco César Doni Moraes, que atendeu um cachorro esfaqueado em Jaú (SP), lamentou a agressão sofrida pelo animal. Dogão, como é chamado o cão, não corre risco de morte. Ele foi agredido após uma briga entre marido e mulher.

“Chegou aqui com uma grande hemorragia. Paramos todos os atendimentos e fomos direto para o centro cirúrgico. Constatamos perfurações profundas pelo dorso do animal e lacerações. Por sorte, nenhum órgão vital foi atingido”, explicou ao G1.

Foto: Marco Doni Mores/Arquivo Pessoal

Dogão está se recuperando, mas ainda não tem destino definido. “Ainda não está decidido a guarda responsável do animal, mas é provável que algum membro da família acolha até que a guarda responsável seja definida”, comentou o médico.

O cachorro chegou à clínica após ser resgatado por um policial militar. “No momento do atendimento, somos profissionais. Mas logo após, ficamos tristes e imaginamos como um ser humano e capaz de fazer uma maldade dessa”, disse Marco.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

A polícia informou que o cão foi agredido pela mulher depois de uma discussão com o marido. Após ser levado à clínica, o animal passou por cirurgia.

Levada para a delegacia, a mulher prestou depoimento e foi liberada. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária de Jaú.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>