Conscientização

Primeiro Ministro do Butão pede a todos os cidadãos que adotem cães sem lar e plantem uma árvore

Facebook/ Dr Lotay Tshering

Ele também sugeriu que as pessoas separassem melhor os resíduos domésticos, praticando a reciclagem


Facebook/ Dr Lotay Tshering

Para enfrentar a ameaça de cães vadios no Himalaia, o primeiro-ministro do reino budista do Butão, Lotay Tshering, declarou no dia 21/02 que gostaria que as pessoas adotassem um cão em situação de rua ou plantassem uma árvore na cidade.

O pedido de Tshering aos cidadãos seria um presente para ele, que completará 50 anos no próximo dia 10 de maio, além da adoção de cães e o plantio de árvores, ele também sugeriu que as pessoas separassem melhor os resíduos domésticos, praticando a reciclagem.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Em nível individual, o primeiro-ministro disse à imprensa que se pode plantar uma árvore e cuidar dela, adotar um cão vadio ou se comprometer com o gerenciamento de resíduos em sua vizinhança. Ele disse que um compromisso pessoal como esse, seria o melhor presente para Sua Majestade. Ele também anunciou vários programas nas áreas de economia, educação, saúde e tecnologia. Os programas serão lançados durante o período de um ano.

Além disso, o governo do Butão está tomando várias medidas para reduzir o nascimento de cães em situação de rua e incentivando a adoção desses cães. Em julho de 2019, o governo lançou um projeto chamado Estratégia Nacional de Gerenciamento de População Canina do Butão, que possui duas aplicações móveis que visam o bem-estar dos cães: a vacinação em massa e o gerenciamento da população canina, que ajudam as autoridades que trabalham no campo a monitorar a equipe e ter acesso a informações como o número de cães castrados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui