Macacos são infectados propositalmente com coronavírus em laboratórios


Cerca de 66% dos macacos que estavam saudáveis foram comprometidos com o vírus e estão infectados, podendo morrer nos próximos dias


 

Publicity Picture

O método antiquado e cruel utilizado pelos cientistas dos Institutos Nacionais da Saúde dos Estados Unidos está infectando macacos saudáveis com cepas do MERS-CoV, uma variação do coronavírus, com a finalidade de uma suposta vacina contra o vírus ser desenvolvida.

Durante o experimento, o primeiro grupo de macacos recebeu um medicamento experimental chamado remdesivir, também testado anteriormente para o tratamento de Ebola em outros animais da espécie. O segundo grupo não recebeu nenhum tratamento e seus indivíduos apresentaram sintomas como apatia, falta de apetite, contusões na pele e problemas respiratórios.

Já os outros seis macacos que receberam o medicamento, 24 horas antes de serem infectados com MERS-CoV, não apresentavam sintomas de doença respiratória. No entanto, outros seis macacos que receberam o antiviral 12 horas após serem infectados apresentaram sinais do vírus, com intensidade menor.

Concluiu-se que 66,6% dos macacos que estavam saudáveis foram comprometidos com o vírus e estão infectados, podendo morrer nos próximos dias. Já os outros 33,3% dos macacos explorados como cobaias, não apresentaram a doença, no entanto, não foi possível determinar o efeito do medicamento a longo prazo.

A pesquisa teve como fim chegar ao desenvolvimento da vacina, no entanto, acabou adoecendo animais inocentes que não tinham relação com o vírus. Todas as vidas importam. Condenar animais à morte para o benefício dos seres humanos não é ético e demonstra um desserviço à ciência, ao ensino e à sociedade.

É importante que todas as instituições se esclareçam sobre o reconhecimento dos direitos animais e o investimento de métodos substitutivos. Assim como nós, os animais têm direito à liberdade e a uma vida digna, algo que jamais encontrarão em gaiolas e recintos de laboratórios.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>