Joaquin Phoenix produz documentário sobre a senciência dos porcos


Divulgação

O veganismo e o reconhecimento dos direitos animais acompanham a vida de Joaquin Phoenix desde que ele tinha apenas três anos de idade. Hoje, com 45 anos, o ator e ativista é um dos principais nomes da defesa da causa animal em todo o mundo e isso ficou simbolicamente comprovado durante seu discurso na premiação do Oscar criticando a exploração animal para consumo humano. A palavras de Phoenix reverberaram em todo o mundo e inspiraram pessoas a adotarem um estilo de vida livre de crueldade contra animais.

Ativo em manifestações e vigílias, recentemente o ator atuou como produtor executivo de um novo documentário, “Gunda”, que explora a sensibilidade, senciência e complexidade emocional dos porcos, uma das principais vítimas da indústria agropecuária. Apenas no Brasil, um porco é morto por segundo. Dados da Animal Ethics apontam que cerca de 23 milhões de porcos são condenados à morte semanalmente em todo o mundo. Reino Unido, China, União Europeia e Estados Unidos são os principais consumidores.

Reprodução

“Gunda” é uma criação do premiado cineasta russo Victor Kossakovsky e aborda a vida de um porquinho e seus três companheiros em uma fazenda: duas vacas e uma galinha especial que tem apenas uma perna. O objetivo do longa é proporcionar uma visão realistas sobre a relação entre seres humanos e animais tradicionalmente conhecidos como “de fazenda”. Kossakovsky também é autor do documentário “Aquarela”, que analisou o volume e massas de água em todo o mundo, como lagos congelados e cachoeiras.

Em uma entrevista à revista Screen Daily, Phoenix contou que ficou tocado com a produção do documentário. “Gunda é uma perspectiva fascinante sobre a senciência presente nos animais não humanos, normalmente, e talvez propositalmente, escondida da nossa visão. Orgulho, reverência, diversão, felicidade, a curiosidade de um porco, seu pânico, desespero e derrota diante de truques cruéis são confirmações que os animais reagem e lidam com as mesmas emoções que nós”, afirmou.

Reprodução

O documentário foi lançado no último domingo (23) em Berlim, na Alemanha.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DADOS ALARMANTES

ÓRFÃO

INVESTIGAÇÃO

ESTELIONATO

MORTE ACIDENTAL

ALARMANTE

NOVA CHANCE

DESUMANIDADE

SALVAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>