China explora 100 mil patos para combater 400 bilhões de gafanhotos


A exploração visa impedir que os insetos se aproximam do país por meio da fronteira com o Paquistão


A China vai explorar 100 mil patos para combater 400 bilhões de gafanhotos que se aproximam do país. Os patos serão tratados como meros objetos a serviço dos interesses humanos. Além disso, não foi informada qualquer garantia de que receberão ao menos cuidados, o que gera o temor de que eles sofram negligência.

Pixabay/NickyPe/Imagem Ilustrativa

De acordo com a emissora estatal CGTN, os insetos se aproximam do país por meio da fronteira com o Paquistão. Vídeos publicados pela emissora mostram os patos andando por rodovias do país. As informações são do Estadão.

O Paquistão recebeu um número recorde de gafanhotos e declarou emergência nacional. No Irã, esses animais se alimentam das áreas de cultivo, destruindo plantações de algodão, trigo e outras culturas, o que gera medo de insegurança alimentar no país.

De acordo com o ministro de Segurança Alimentar do Paquistão, Khusro Bakhtiar, o enxame está na fronteira entre o país e a Índia. “Foram tomadas medidas contra o inseto em mais de 121 milhões de hectares e 20 mil hectares foram pulverizados”, disse.

Os insetos também se alimentaram de colheitas na África, nos últimos meses de 2019, o que aprofundou uma crise de fome.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>