Galos mutilados são resgatados após serem explorados em rinha em SP


Um homem, suspeito de envolvimento na rinha, foi preso. Ele também tinha dois mandados de prisão em aberto por porte ilegal de armas e formação de quadrilha


Um homem foi preso na terça-feira (18) em Serra Negra, no interior de São Paulo, por suspeita de envolvimento com um criadouro de galos explorados em rinhas.

Foto: Polícia Militar de Serra Negra

A Polícia Militar informou ao G1 que o homem tinha dois mandados de prisão em aberto por porte ilegal de armas e formação de quadrilha.

No criadouro, localizado em uma chácara no bairro das Tabaranas, foram encontradas esporas, biqueiras e a arena usada para as brigas.

Foto: Polícia Militar de Serra Negra

As aves foram resgatadas pela polícia. Elas estavam com as patas mutiladas e suas cristas haviam sido removidas.

Após a operação policial realizada na chácara, o homem foi levado para a Delegacia de Serra Negra, mas deve ser transferido para o Centro de Detenção Provisória de Hortolândia (SP) ou de Jundiaí (SP).


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>