Final feliz

Coruja obesa volta a voar após fazer dieta e perder peso no Reino Unido

Reprodução

A obesidade é um fenômeno raro em animais selvagens e costuma ocorrer por conta de uma maior oferta de alimento


Uma coruja obesa, que não conseguia voar devido ao sobrepeso, recuperou-se e foi devolvida à natureza após ser submetida à dieta. O caso aconteceu no Reino Unido.

O animal foi encontrado por um morador do condado de Suffolk. A coruja estava dentro de uma vala, tentando voar. Ao vê-la, o rapaz acreditou que ela estava machucada e, então, a resgatou e encaminhou para o Santuário de Corujas de Suffolk.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Reprodução

No santuário, a ave foi examinada por veterinários que, a princípio, acreditaram que ela poderia realmente ter se ferido. No entanto, após realizar exames, a equipe constatou o que impedia a coruja de voar era o sobrepeso. As informações são do portal RIC Mais.

Plump, como passou a ser chamada, pesava aproximadamente 245 gramas, um terço a mais do que o peso ideal para sua espécie, a mocho-galego ou Athene noctua.

Segundo os veterinários, obesidade é um problema incomum entre animais selvagens. A explicação para o caso de Plump seria o verão mais quente, que fez aumentar a população de ratos, animais que fazem parte da alimentação das corujas. “Ela se empolgou e ficou gorda”, avaliou o especialista Rufus Samkin.

Plump foi, então, submetida a uma dieta rigorosa. Ela também teve que realizar exercícios no solo com alimentos. Com isso, a ave perdeu quase 30 gramas em pouco mais de 15 dias e retornou ao seu habitat.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui