Bezerro corre para cumprimentar sua mãe após ser separado por dias


O filhote teve que ser internado pois não tinha os nutrientes necessários do leite de sua mãe


 

Vídeo do Facebook

A história de Daisy, uma vaca e seu filhote Lucky, teve um começo bastante difícil. Eles foram resgatados pelo santuário SASHA Farm Animal Sanctuary, no estado de Manchester, nos Estados Unidos e atualmente moram no local. No entanto, desde o início, Daisy não conseguiu amamentar o filhote.

Com isso, Lucky teve que ser levado para a Clínica de Animais da MSU, pois não tinha os nutrientes necessários do leite de sua mãe. No entanto, o problema podia ser mais grave: o veterinário temia que os dois animais pudessem ter a doença terminal chamada de Johne (infecto-contagiosa crônica que afeta principalmente o intestino delgado de ruminantes).

De acordo com o site One Green Planet (4), Lucky ficou internado na clínica por três dias, longe de sua mãe, enquanto os veterinários faziam tudo o que podiam para salvá-lo. Foi então que a notícia boa chegou: o bezerro havia se recuperado da falta de nutrientes e estava completamente saudável.

Com isso, ele foi trazido de volta para casa e finalmente se reuniu com Daisy. Quando Lucky e Daisy se viram, eles correram apressadamente para ficarem juntos novamente, principalmente o filhote, que passou três dias longe de sua mãe e de sua casa.

Confira o vídeo do momento do reencontro:

https://www.facebook.com/sashafarm/videos/10152204218468358/

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SEGUNDA CHANCE

MAUS-TRATOS

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>