‘Você não pode ser um protetor do planeta sem ser vegano’, diz Joaquin Phoenix


A entrevista ocorreu durante uma ação do Earthlings Experience, que promoveu um evento sobre a crise climática e os direitos animais, no centro de Londres


Photo: Jo-Anne McArthur / Animal Equality

Recentemente, Joaquin Phoenix (45), disse que as pessoas não podem ser protetoras do meio ambiente, sem serem veganas.

O ator vegano, que vem recebendo grandes prêmios por sua atuação de protagonista no filme no Coringa, fez esse comentário durante uma entrevista ao site Plant Based News (4).

A entrevista ocorreu durante uma ação do Earthlings Experience, que promoveu um evento sobre a crise climática e os direitos animais, no centro de Londres. Durante a ação, os ativistas que usavam máscaras seguravam uma tela exibindo imagens do documentário Earthlings (Terráqueos),  filme que mostra como funcionam as fazendas industriais, relatando a dependência da humanidade sobre os animais para obter alimentaçãovestuário,  diversão e experimentos científicos. Outros ativistas realizaram atividades de divulgação, dialogando respeitosamente com os passageiros e distribuindo folhetos com informações nas ruas.

Klaus Mitchell, da Plant Based News, observou que o Phoenix tem estado cada vez mais ativo a respeito da defesa de direitos animais e questionou o por quê da mudança. O ator respondeu que sempre foi assim, mas que agora as pessoas estão percebendo isso, provavelmente por conta do sucesso do filme Coringa.

“Eu sempre tive dificuldade em impor minhas crenças pessoais aos outros, nunca quis fazer isso, mas as coisas estão realmente terríveis. Há um vínculo incontestável entre a indústria de carnes e laticínios e as mudanças climáticas “, disse Phoenix.

E completou: “Eu acho que é algo que as pessoas estão acordando, elas percebendo que não podem ser protetores do meio ambiente, sem serem veganas”, concluiu ele.

Confira a entrevista:



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>