Mulher afoga cachorro na banheira e alega que o animal “latia muito”


Um trabalhador de manutenção fazia reparos na casa da mulher quando a viu tirar o labrador do canil e levá-lo ao banheiro


Chiemsee2016 /Pixabay

Os cães latem, assim como os humanos falam. Latir é a forma de comunicação e expressão de um cachorro, no entanto, devido ao fato de algumas pessoas não compreenderem isso, acabam cortando as cordas vocais desses animais. Contudo, recentemente, uma mulher, no dia 5 de novembro de 2019, na Flórida, nos Estados Unidos, decidiu ir mais longe: enquanto seu cachorro latia, ela resolveu afogá-lo e matá-lo.

De acordo com o site One Green Planet do dia 31, um trabalhador de manutenção fazia reparos na casa de Margaret Kinsella (43), quando viu a mulher tirar o labrador do canil e levá-lo ao banheiro.

Imagem: Gabinete do Xerife do Condado de Manatee

Logo após, ele disse que a mulher fechou a porta e ele ouviu os gritos do cachorro vindos do banheiro. Ele perguntou se ela estava bem e se precisava de ajuda, mas ela disse que não e ele ouviu mais gritos. Foi quando ele decidiu abrir a porta, encontrando o cachorro flutuando na banheira.

Ainda de acordo com informações do site, Margaret foi presa. Ela alegou ter tido um ano muito difícil em que perdeu o marido e o pai, justificando o assassinato do cachorro.

Em depoimento, ela disse à polícia que estava frustrada porque o cachorro latia demais e a havia mordido. A mulher foi acusada de crueldade animal agravada, crime de terceiro grau.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>