Mais de 40 macacos morrem com febre amarela no Paraná


O número de macacos mortos pela doença aumentou desde o último relatório, divulgado na semana passada


Um boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) do Paraná informou as mortes de 46 macacos por febre amarela no estado. O informativo foi divulgado na quarta-feira (29).

Seis novos animais foram adicionados à lista, que continha 40 mortes na semana anterior. As informações são do G1.

Pixabay/Imagem Ilustrativa

O relatório explica que os macacos estão sendo acompanhados desde julho de 2019. Os novos casos foram registrados na Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, com cinco registros. O município não tinha registrado morte de macacos até o momento.

Outro caso foi registrado em Antônio Olinto, cidade que já tinha um caso confirmado. Em Castro, foram 11 casos. Oito em Ponta Grossa, cinco na Lapa, dois nas cidades de Cândido de Abreu, Sapopema, Teixeira Soares, Antônio Olinto, Ipiranga e Piraí do Sul e um nos municípios de Balsa Nova, Mandirituba, Quatro Barros, Rio Negro, Palmeira, São João do Triunfo, Imbituva, Mallet, Prudentópolis e São Mateus do Sul.

“O boletim semanal com casos de epizootias serve para alertar que o vírus está presente nesses locais”, disse o secretário de Saúde, Beto Preto.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>