Turquia

Istambul proíbe carruagens puxadas por cavalos

ShepherdMedia/ Pixabay

As carroças serão substituídas por carros elétricos e os cavalos serão mandados para um refúgio de vida selvagem


ShepherdMedia/ Pixabay

Na semana passada, após anos de ativismo em prol dos direitos animais, os ativistas da cidade de Istambul, na Turquia, obtiveram uma grande conquista: a proibição do uso de carruagens puxadas por cavalos.

As carroças são responsáveis por grande sofrimento dos animais, e após a morte de 105 cavalos na região, o prefeito da cidade, Ekrem Imamoglu, manteve uma promessa que fez ao movimento dos direitos animais e proibiu a veiculação das carroças.

As autoridades do governo anunciaram nesta segunda-feira (20), que as carroças serão substituídas por carros elétricos e os cavalos serão mandados para um refúgio de vida selvagem.

Ainda de acordo com o site Party For The Animals (Festa para os animais), um dos argumentos utilizados pelos ativistas durante os anos que passaram lutando pela causa dos cavalos, é que os mil cavalos estavam sendo maltratados, além do mais, dezenas estavam morrendo em função das péssimas condições, como a falsa de serviços veterinários e a grande jornada de trabalho sob o sol quente.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui