Crueldade

Burrinho é obrigado a transportar Gordon Ramsay e outros chefs em carroça

quatro homens em uma carroça com um burro, além dos três homens, que são os chefes, também está no carroça um guia do burro
Fonte: Mirror (não achei de jeito nenhum o nome do autor da foto)

“É bastante desconcertante que ninguém envolvido tenha questionado isso”, disse o ativista Audrey Gaffney


quatro homens em uma carroça com um burro, além dos três homens, que são os chefes, também está no carroça um guia do burro
Fonte: Mirror (não achei de jeito nenhum o nome do autor da foto)

Gordon Ramsay, Gino D’Acampo e Fred Sirieix, três chefs famosos no Reino Unido, participaram de um ato cruel enquanto gravavam um programa especial de Natal, o “Christmas Road Trip”, isso porque, durante as gravações, forçaram um pequeno burro a puxar todo o peso de seus corpos em uma corroça.

Os três chefes receberam bastante críticas de internautas nas mídias e redes sociais de celebridades e ativistas em defesa dos direitos animais.

Uma das críticas foi de Audrey Gaffney, da The Ethical Bucket List, órgão protetor dos direitos animais, que declarou: “É claramente inaceitável que um animal pequeno como este puxe quatro homens adultos em um carrinho. É bastante desconcertante que ninguém envolvido tenha questionado isso”.

O site Plant Based News questiona o fato de ninguém da ITV ter interceptado a ação, visualizando como uma falha “inaceitável” da principal emissora do Reino Unido.

Outra crítica pertinente partiu do também ativista em defesa dos direitos dos animais e apresentador de TV Jan Leeming que questionou: “Não passou pela cabeça deles que a carga era grande demais para a pobre criaturinha?”.

Ainda segundo informações do site, os integrantes queriam que o burro realizasse a atividade com mais agilidade e a ITV não se importou com o caso, apenas declarando que cuidaram do bem-estar animal durante as gravações.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui