Direitos animais

Brian May aceita desafio de tentar se tornar vegano

“Como ativista em defesa dos animais, há algum tempo tem me incomodado que eu ainda consuma alimentos derivados de animais (Fotos: Brian May/Instagram)

Sobre sua principal motivação para seguir por esse caminho, Brian May foi bem objetivo – diminuir o sofrimento dos animais


O músico e astrofísico britânico Brian May, mais conhecido como guitarrista do Queen, anunciou no final de semana por meio de sua conta no Instagram que aceitou o desafio da organização Veganuary de tentar se tornar vegano em janeiro.

“Como ativista em defesa dos animais, há algum tempo tem me incomodado que eu ainda consuma alimentos derivados de animais (Fotos: Brian May/Instagram)

Ao longo do mês, May se comprometeu em não consumir nada de origem animal. Ele disse também que já tem o apoio de alguns amigos que se juntaram a ele. Dessa forma, “farão suas considerações à medida que avançam”.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Sobre sua principal motivação para seguir por esse caminho, Brian May foi bem objetivo – diminuir o sofrimento dos animais, diminuir o impacto no planeta e também a própria saúde.

“Como ativista em defesa dos animais, há algum tempo tem me incomodado que eu ainda consuma alimentos derivados de animais, que promovem indignidade e dor a um animal hão humano. Então tentarei seguir por essa linha”, argumentou.

Brian May também aproveitou para convidar seus seguidores a se juntarem a ele. Vale lembrar que em abril o guitarrista do Queen publicou no Instagram uma foto do seu par de calçados veganos da marca italiana Yatay.

Ele deixou claro que realmente não faz muito sentido um ativista dos direitos animais usar calçados com matéria-prima de origem animal. May elogiou a Yatay e disse que iria incorporá-los às apresentações da sua nova turnê. E visando estimular 1,6 milhão de fãs a optarem por produtos veganos, declarou:

“Não é preciso ser vegano para comer comida vegana ou comprar coisas veganas. Mas toda vez que você investe em produtos veganos, você investe na saúde do planeta e nos animais que vivem nele, incluindo nós mesmos.”


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui