Segunda chance

Bezerros escapam da morte e ganham novo lar no Reino Unido

Um recente programa de TV do Reino Unido desafiou famílias que consomem muita carne a conviverem com um animal criado para consumo por três semanas

Os animais também ganharam novos nomes – Buttercup e Clover
Os animais também ganharam novos nomes – Buttercup e Clover

Um recente programa de TV chamado “Meat The Family”, do Canal 4, do Reino Unido, desafiou famílias que consomem muita carne a conviverem com um animal criado para consumo por três semanas antes de enviá-lo ao abate. Eles também deveriam cozinhá-lo e consumir sua carne.

A proposta do programa era desafiar os hábitos culturais humanos quando confrontados com uma realidade que normalmente é negligenciada por quem está acostumado às facilidades de comprar carne no mercado ou açougue.

Ou seja, sem a necessidade de pesar o que existe por trás daquele produto despersonalizado e ao alcance das mãos do consumidor.

Caso as famílias rejeitassem comer a carne do animal, e se tornassem vegetarianas, os animais seriam encaminhados para um santuário.

Tomos e Bedwyr, dois dos bezerros que participaram do programa, e conviveram com o casal Steffan e Nicky, e seus filhos, felizmente foram poupados do abate e ganharam uma nova vida no santuário de animais Deans Fam Trust no País de Gales.

Os animais também ganharam novos nomes – Buttercup e Clover, escolhidos pelo público em uma enquete realizada pelo santuário nas mídias sociais.

“A família manteve contato e visitou Buttercup e Clover várias vezes desde que as filmagens terminaram. Somos muito gratos a eles por nos darem nossos meninos para iniciarmos nosso feliz rebanho de 12 bezerros”, declarou o Deans Farm Trust.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui