Quatis são encontrados mortos em rodovia em Itapetininga (SP)


Amostras serão retiradas dos corpos dos animais para elaboração de exames, já que a causa da morte ainda não foi identificada


Quatis foram encontrados mortos na terça-feira (14) às margens da Rodovia Aristides da Costa Barros, em Itapetininga, no interior de São Paulo.

Não se sabe o que causou as mortes, já que os animais não apresentavam ferimentos que indicassem atropelamento. As informações são do portal G1.

Foto: Natanael de Meira/Arquivo Pessoal

A Polícia Militar Ambiental esteve no local e elaborou um termo de vistoria que será encaminhado à Polícia Civil.

A Prefeitura de Itapetininga informou a TV TEM que o setor de zoonoses não foi informado sobre o caso. Disse ainda que, por se tratar de morte de animal silvestre sem agressão aparente, amostras serão colhidas dos corpos dos quatis para que a possibilidade de morte por raiva seja investigada pelo Instituto Pasteur.

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) divulgou nota informando que enviou uma viatura com uma equipe ao local para inspecionar o caso e que providências serão tomadas. Disse ainda que, ao encontrar um animal em rodovias administradas pelo DER, o motorista deve entrar em contato pelo telefone 0800 055 5510.

A Polícia Militar orientou a população a acionar a corporação ou o Centro da Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp de Botucatu (SP) ao encontrar animais vivos nas rodovias. O telefone para contato é o (15) 3275-6170.

O Departamento de Zoonoses orientou os motoristas a não tocarem nos animais por conta de um possível contágio por doenças e, no caso de animais vivos, devido ao risco de uma reação agressiva do animal, que pode reagir para se proteger ou por estresse e dor.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>