Extinção do peixe-espátula-chinês é confirmada por especialistas


Foto: Chutian Metropolis Daily
Foto: Chutian Metropolis Daily

O peixe-espátula-chinês ou peixe-espada-do-rio-amarelo (Psephurus gladius), rei de todos os peixes de água doce chineses e uma espécie rara endêmica do rio Yangtze, foi declarado extinto, segundo um relatório divulgado na sexta-feira (03).

Ele já pode ter sido extinto entre 2005 e 2010, de acordo com um estudo publicado na Science of The Total Environment por especialistas do Instituto de Pesquisa em Pesca do Rio Yangtze.

Wei Qiwei, autor do estudo, disse que em meados de setembro de 2019 a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) declarou extinto a espécie extinta após avaliação.

Os cientistas resgataram um peixe-espátula-chinês em 2003, liberando-o e rastreando-o para fins de observação. No entanto, o barco deles foi destruído depois de atingir um recife, com os sinais de rádio obtidos a partir do peixe desaparecendo.

Este foi considerado o último contato com um peixe-espátula-chinês, na ausência de outros indivíduos selvagens ou cultivados.

A IUCN disse que atualmente não há evidências da existência de peixes-espátula-chinês, mas que se um for capturado ou gravado, seu status de “ameaçado de extinção” será reconsiderado.

Um dos 10 maiores peixes de água doce do mundo, o peixe-espátula-chinês cresce até oito metros de comprimento. Foi um dos poucos peixes antigos que sobreviveram ao período cretáceo mesozóico.

Os esturjões chineses e do rio Yangtze, ambos endêmicos da bacia do Yangtze, são classificados em risco crítico de extinção pela IUCN.

Na quarta-feira (01), o Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China anunciou uma proibição de pesca de 10 anos em áreas-chave do rio Yangtze para proteger a biodiversidade na hidrovia mais longa do país.

A partir deste ano, a proibição será observada em 332 áreas de conservação na bacia do rio Yangtze, incluindo cursos de água naturais de grandes lagos conectados ao rio.As informações são do China News Service (CNS).

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>