Vaca foge da fazenda onde vivia e se junta a manada de bisões


Rafal Kowalczyk/Facebook
Foto: Rafal Kowalczyk/Facebook

Histórias de fuga de animais de matadouros são inspiradoras, ainda mais em uma sociedade que injustamente os trata como produtos ou objetos. Em 2018, a emocionante história sobre o bezerro Freddie, que escapou de um matadouro em Nova York, nos Estados Unidos, em janeiro de 2016, teve uma atualização: ele agora vive no Santuário Animal Skylands em Wantage, Nova Jersey, onde é feliz e livre.

Outra história incrível foi a das seis vacas que escaparam de um matadouro em St. Louis e desde então encontraram um lar para sempre no The Gentle Barn Missouri. Outro final feliz inspirador.

É por isso que, quando a história de uma vaca na Polônia que escapou de uma fazenda e do destino que seria terminar sua vida em um matadouro e, desde então foi vista andando junto com um rebanho de bisões, merece um destaque especial.

Rafal Kowalczyk, diretor do Instituto de Pesquisa em Mamíferos da Academia Polonesa de Ciências, conseguiu tirar uma foto da vaca com sua nova manada nos campos da Floresta Bialowieza, no leste da Polônia.

Desde então, a foto se tornou viral, com milhares de pessoas amando e torcendo pela vaca rebelde. Um comentário dizia: “Da próxima vez que achar que algo me impede de realizar meus sonhos, lembrarei da vaca que se tornou um bisão”.

Embora seja a primeira vez que Kowalczyk vê uma vaca se juntar a um rebanho de bisões, também chamado de bisontes, ele alertou sobre os perigos de uma situação tão incomum. Por exemplo, se a vaca acasalar com um bisão do sexo masculino e engravidar, é possível que ela morra durante o parto, porque o bezerro híbrido seria maior que o tamanho normal do bezerro. Por causa disso, os cientistas provavelmente tentarão removê-la do rebanho no verão. A torcida é para que mesmo que ela deixe seus novos companheiros, continue a desfrutar de sua liberdade.

As vacas são animais extremamente inteligentes e emocionais. Como os humanos, as vacas desenvolvem laços fortes com seus filhos e têm melhores amigos. Elas até têm chamadas (mugidos) especiais para quem amam – da mesma forma que damos apelidos aos nossos amigos e familiares. A maioria das vacas e bois é tratada como mercadoria ficando incapazes de viver sua vida com o amor e a compreensão que merecem.

É reconfortante pensar que isso é algo que esta vaca entendeu (já que esses animais são, afinal, altamente inteligentes) e a inspirou a correr para se juntar a seus parentes selvagens e distantes.

Assim como nós humanos, tudo o que os animais desejam é a liberdade de viver em paz em lugar de serem condenados a uma vida de escravidão, presos pelas normas absurdas de uma sociedade especista (doutrina que coloca o homem como ser superior aos demais animais e por isso livre para dispor deles como bem entender). As informações são do One Green Planet.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>