Compaixão

Motociclista para o trânsito e salva a vida de tartaruga que atravessava avenida

Vitor Rosa / Agência RBS

Após ser resgatada, a tartaruga foi levada para o Parque Marinha do Brasil, onde foi deixada em um lago


Um motociclista interrompeu o trânsito da Avenida Edvaldo Pereira Paiva, a Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), para salvar a vida de uma tartaruga. Maurício Rosa, de 43 anos, passava pelo local na quarta-feira (8) quando viu o animal tentando atravessar a via.

Vitor Rosa / Agência RBS

Alguns veículos passaram próximo da tartaruga, que se assustou e ficou parada sobre o asfalto. Ao perceber que ela acabaria sendo atropelada, Maurício decidiu agir. As informações são do portal GaúchaZH.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Com as mãos, o motociclista fez sinal para que os outros motoristas tomassem cuidado com a tartaruga e, depois de parar o trânsito, pegou o animal e o levou até o canteiro central.

“Quando passei, não pensei duas vezes: “Vou tirar ela daqui”. Porque provavelmente ela não teria chance alguma se ninguém olhasse diferente para ela”, disse.

Após salvar a vida da tartaruga, Maurício decidiu levá-la até o Parque Marinha do Brasil. No local, o animal foi deixado em um lago.

“Tenho uma queda pelos animais. Nunca maltratei, matei, nem deixei que fizessem isso. Não poderia ver e não fazer nada”, comentou.

De acordo com o mestre em biologia animal Maurício Tavares, o animal resgatado pelo motociclista é um tigre d’água, espécie nativa do Brasil, do Uruguai e da Argentina. O animal habita rios, banhados e lagos, vive até os 30 anos e é comum no Rio Grande do Sul.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui