Homem é agredido após ser flagrado estuprando cadela em Manaus (AM)


O abuso sexual foi praticado em uma área de mata ao lado da igreja onde a cadela morava. O homem agredido teve seus pés e mãos amarradas por moradores da região


Um homem foi agredido na quinta-feira (2) após ser flagrado estuprando uma cadela em Manaus, no Amazonas. Lucivaldo Almeida, de 38 anos, vai responder por abuso e maus-tratos a animais.

Foto: Jair Araújo

O tenente Antônio Medeiros, supervisor de área da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), disse que o tutor da cadela, um pastor de uma igreja do bairro Lírio do Vale 2, ouviu os gritos do animal durante a madrugada. Pela manhã, ele alimentou os animais que vivem em seu sítio e não encontrou a cadela. Por volta das 9h de quinta-feira, a cadela voltou a chorar. O pastor, então, foi verificar o que estava acontecendo e flagrou o estupro.

O crime aconteceu em uma área de mata localizada ao lado da igreja, no Conjunto Augusto Monte Negro, na Zona Oeste da cidade. As informações são do portal A Crítica.

Após ser flagrado estuprando o animal, Lucivaldo saiu correndo, mas foi parado por moradores da região que, ao tomarem conhecimento do estupro, amarraram os pés e as mãos do homem e o agrediram.

Morador do Conjunto Augusto Montenegro e vizinho da igreja onde a cadela mora, Lucivaldo foi levado ao Serviço de Pronto Atendimento Joventina Dias, no bairro Compensa, para receber atendimento médico, já que sofreu ferimentos nas costas e na cabeça.

Ao sair do hospital, Lucivaldo foi encaminhado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP).


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>