Homem arrisca a vida para salvar coalas dos incêndios na Austrália


Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um morador de uma cidade isolada por incêndios florestais australianos está colocando sua própria vida em risco para salvar coalas e outros animais selvagens afetados pelas chamas.

Patrick Boyle, de 22 anos, entrou na floresta carbonizada de eucaliptos em Mallacoota – uma pequena cidade na região leste de Victoria, no estado de Gippsland – na quarta-feira (01), para procurar os animais que ele poderia salvar.

Ele chamar a responsabilidade para si mesmo e contribuir usando em suas próprias mãos, depois de sentir que, enquanto muitos moradores estavam se apoiando, poucos haviam sido capazes de ajudar a vida selvagem.

Boyle disse que “não tem ideia do que esperar” em sua perigosa missão solo.

“Encontrei instantaneamente um coala queimado que levei direto para o abrigo da vida selvagem. Era realmente notável a rapidez com que encontrei os coalas.

“Encontrei oito ou nove até agora que foram resgatados. Encontrei mais de dez que estavam mortos e outros cinco que estão vivos e saudáveis por enquanto”.

Foto: NATHAN EDWARDS/GETTY IMAGES
Foto: NATHAN EDWARDS/GETTY IMAGES

Boyle está pedindo para doações para os abrigos de vida selvagem, que ele disse que na verdade são apenas a casa de alguém que funciona como abrigo improvisado.

“Os lugares que estão funcionando como abrigos estão repletos de coalas e outros animais selvagens em todo o salão e no quintal. Eles têm muito pouco recurso, portanto, qualquer ajuda que as pessoas possam dar é excelente”.

“Para dar às pessoas uma noção do que estamos lidando, esperamos um clima quente nos próximos dias e o abrigo estará ao lado de uma ravina. Isso coloca o local sob ameaça, de modo que atualmente estamos movendo todos os animais para uma local temporário agora para garantir sua segurança”.

Boyle disse que as pessoas são rápidas em falar sobre questões ambientais, mas na verdade não fizeram nada para causar mudanças.

“Sou caçador – sou uma das últimas pessoas que outros esperariam que fosse ajudar esses animais”.

“Mas os agricultores, caçadores e trabalhadores são os que estão por aí realmente realizando ações efetivas agora”.

Na quinta-feira (02), um navio da Marinha chegou a Mallacoota para evacuar as pessoas, pois os incêndios florestais isolado a cidade.

O navio HMAS Choules é capaz de transportar cerca de 700 passageiros, mas cerca de 4 mil pessoas permanecem presas ao redor da área de praia da cidade, incluindo cerca de 1000 moradores.

Foi relatado que quase 500 milhões de animais foram mortos apenas em Nova Gales do Sul (NSW) como resultado de incêndios florestais. O número final de mortes na Austrália provavelmente será “substancialmente mais alto”, disseram as autoridades.

Detalhes confirmados para doações ao abrigo da vida selvagem na cidade de Mallacoota podem ser encontrados em sua página no Facebook. O fundo oficial de apoio a incêndios em Mallacoota pode ser encontrado aqui.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

FELICIDADE

TRATAMENTO MÉDICO

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>