Crueldade

Gambá é salva após ser brutalmente espancada em Juiz de Fora (MG)

Foto: Rômulo Castro/Arquivo Pessoal
Foto: Rômulo Castro/Arquivo Pessoal

Um gambá fêmea que abrigava seus bebês em sua bolsa marsupial foi covardemente agredida com pauladas por um homem no Parque Halfeld, no Centro de Juiz de Fora (MG). Os maus-tratos foram flagrados pela Guarda Municipal após denúncias.

O agressor foi detido e encaminhado para da Delegacia de Polícia Civil. O pedaço de madeira usado para ferir o animal foi apreendido. A gambá foi encaminhada para a clínica veterinária Zoovet, onde está recebendo cuidados.

Em uma entrevista ao portal G1, o veterinário que está cuidando do animal, Rômulo Castro, informou que ela já apresenta melhoras, mas corre o risco de perder um dos olhos devido à brutalidade dos maus-tratos.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Os bebês que ela carrega em sua bolsa estão vivos e bem. Ela continuará internada para total recuperação.

No Brasil, crimes contra animais estão previstos na lei 9.605 de 1998. Uma vez acusado, o responsável pode ser punido com multa e até um ano de detenção. Em dezembro de 2019 uma comissão especial da Câmara aprovou o PL 1095/19, que aumenta para até cinco anos a pena para crimes contra animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui