Ator vencedor do Oscar, Mark Rylance, condena a indústria de foie gras em vídeo


Foto: PETA
Foto: PETA

O premiado ator e diretor inglês Mark Rylance – que é frequentemente considerado pela crítica cinematográfica o maior ator do mundo – condenou de forma veemente a indústria do foie gras em um novo vídeo.

Mark Rylance – que atualmente é vegetariano e já disse que vai se esforçar para se tornar vegano – fez parceria com a ONG que atua em defesa dos direitos animais, PETA, para fazer o curta-metragem da campanha da entidade.

“Duplo sentido mórbido”

O vídeo é narrado com a voz de Mark, enquanto ele fala sobre a temporada festiva do final de ano e vão se sobrepondo imagens da indústria de foie gras, fornecidas pelo grupo belga de proteção animal GAIA.

A PETA diz: “Suas palavras assumem um duplo significado sinistro quando são justapostas a imagens de vídeo”.

O ator diz que as imagens destacam “os horrores da indústria de foie gras, em que patos e gansos são alimentados forçadamente com grandes quantidades de comida, fazendo com que seus fígados inchem até 10 vezes o tamanho natural, causando grande sofrimento e dor a esses animais”.

“Muita diversão no Natal”

“Nos divertimos muito no Natal. Sempre comemos bem e muito. Às vezes, até um pouco demais”, diz Sir Mark no vídeo, enquanto passam as imagens de animais sendo alimentados à força.

“Só mais uma mordida. Oh, vamos lá – é Natal. Depois, podemos tirar uma soneca para deixar nossa comida ser digerida e mais tarde comer um pouco mais de comida deliciosa. Oh, aqueles momentos em família, quentes e aconchegantes. Essas memórias trazem lágrimas aos nossos olhos”.

A produção de foie gras é proibida em vários países, incluindo República Tcheca, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Noruega, Polônia, Turquia, Austrália, India, Argentina e Reino Unido por ser considerada desumana. As informações são do Plant Based News.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>