Criança oferece dinheiro de seu cofrinho como recompensa por cão desaparecido


O cachorro, que tem quase dois anos de idade, é o companheiro da pequena Yasmin


Yasmin Oliveira Araújo Goulart, de 8 anos, escreveu uma carta informando sobre o desaparecimento de seu cão e ofereceu R$ 100, guardados por ela em seu cofrinho, para quem encontrá-lo e devolvê-lo. Thomas, como é chamado o cão, sumiu em Itaquaquecetuba, no interior de São Paulo, há quase dois meses.

Foto: Bianca Oliveira dos Santos Goulart/Arquivo Pessoal

Comovido com o sofrimento da criança, que está sentindo a falta do cachorro, o pai da menina, Danilo Araújo Goulart, de 32 anos, contou a história nas redes sociais. A publicação viralizou. As informações são do G1.

“Eu perdi o meu cachorro. Ele é pequeno. As cores dele são branco e marrom. É um shih-tzu, é macho e está tosado. Quem o achar será recompensado”, diz a carta da menina.

Bianca Oliveira dos Santos Goulart, de 27 anos, é mãe da menina e contou que Yasmin decidiu escrever a carta e oferecer a recompensa após se emocionar com o clipe da música Happier, do DJ norte-americano Marshmello, no qual a protagonista vive anos de sua vida com um cachorro.

“Estávamos assistindo uns vídeos na internet aleatoriamente e começou a passar o clipe. Aí eu vi que a Yasmin ficou bem sentida, se emocionou bastante. Na mesma hora ela pegou o caderninho e começou a escrever. Ela ia me perguntando como escrever as palavras que ela não sabia. Quando terminou, me mostrou e falou ‘mãe, faz um cartaz assim para colocar nos bairros’”, disse.

Foto: Bianca Oliveira dos Santos Goulart/Arquivo Pessoal

Thomas fugiu de casa, na Vila São José, no dia 12 de novembro, após um familiar esquecer o portão aberto. Danilo conta que quem devolver o animal será recompensado.

“Eu tenho um cofrinho com ela [Yasmin] e juntamos umas moedas. A Yasmin disse que ia dar o dinheiro dela como recompensa para quem achasse o cachorro”, afirmou.

A mãe da menina, porém, tenta fazer a menina aceitar que o animal pode não voltar. Ela acredita que o cachorro, que tinha quase 2 anos, está com alguém.

Foto: Bianca Oliveira dos Santos Goulart/Arquivo Pessoal

“Falei para ela que a gente não vai encontrar. Eu acredito que ele foi achado e alguém pegou. Então eu converso com ela, falo para orar e ver se Deus toca no coração da pessoa e devolve. Ela tem feito isso”, revelou.

Movidos pela intenção de ajudar Thomas a voltar para casa, várias pessoas postaram fotos de cães parecidos com ele nos comentários da publicação feita pelo pai de Yasmin. Nenhum deles, porém, era o cachorro da família. Ainda assim, Danilo ajudou um outro cão a encontrar seus tutores.

“Na última semana achamos um cachorro da mesma raça, mas que não era o nosso. Divulguei e conseguimos encontrar o dono”, disse. O cão ficou três dias com a família, o que deixou Yasmin ainda mais triste.

Foto: Bianca Oliveira dos Santos Goulart/Arquivo Pessoal

“Ela sempre fui muito apegada com ele. Tanto que quando essa cachorra chegou, era uma raça parecida, minha sogra até brincou que Deus mandou ela para substituir o Thomas. Mas para a Yasmin, nenhum cachorro substitui”, disse.

“Minha filha era muito apegada a ele. Não só ela. Minha esposa e eu também. Estamos com saudades”, concluiu Danilo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO SOCIAL

AÇÃO SOCIAL

PRECAUÇÃO

ÍNDIA

ESTUDO

ÓRFÃO

ARTIGO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>