Boa notícia

Seguridade aprova entrada de animais em hospitais

“Hoje a ciência confirma que essas pessoas podem beneficiar-se do contato com os animais, e que essa proximidade pode até favorecer os processos de cura”

Projeto agora deve ser avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) | Getty
Projeto agora deve ser avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) | Getty

De acordo com a Agência Câmara, a Comissão de Seguridade Social e Família aprovou esta semana proposta que dá aos pacientes internados o direito de receber visitas de animais domésticos. Trata-se do Projeto de Lei 9787/18, do deputado Vicentinho (PT-SP), que recebeu parecer favorável na forma de substitutivo apresentado pelo relator e deputado Eduardo Costa (PTB-PA).

A visita dependerá de algumas condições, como autorização por escrito do médico responsável pelo paciente, apresentação de certificado de vacinação e do atestado sanitário do animal, ambos atualizados. Os documentos deverão ser assinados por veterinário inscrito no Conselho Regional de Medicina Veterinária do estado onde se localizar o hospital.

“As pessoas que são muito ligadas a seus animais sentem agudamente a separação forçada”, declarou o relator. “Hoje a ciência confirma que essas pessoas podem beneficiar-se do contato com os animais, e que essa proximidade pode até favorecer os processos de cura”, disse Costa.

O texto aprovado estabelece ainda que a administração de cada hospital deverá decidir sobre as condições, os horários e os locais em que as visitas de animais poderão acontecer, além de atender às recomendações da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).

As CCIHs estão presentes em todos os hospitais e são responsáveis pela recomendação de medidas que visem reduzir os riscos de infecções hospitalares. O projeto agora deve ser avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui