Ativismo

Quatro cidades brasileiras recebem Ato Natal Sem Sangue no domingo

Ato é homenagem a todos os animais não humanos assassinados em nome de uma cultura natalina que celebra a vida

Ação é uma forma de oposição à matança de animais para consumo (Foto: 269life Nordeste)
Ação é uma forma de oposição à matança de animais para consumo (Foto: 269life Nordeste)

No domingo (15), às 15h30, Recife (PE), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Ipatinga (MG) recebem o Ato Nacional Natal Sem Sangue, realizado anualmente em homenagem a todos os animais não humanos assassinados em nome de uma cultura natalina que celebra a vida.

A ação organizada pelos movimentos 269life Nordeste, Vozes em Luto Nordeste, Vozes em Luto, 269life Minas Gerais e 269life Ipatinga é uma forma de oposição à matança de animais para consumo visando satisfazer o paladar humano nas comemorações de Natal. “E não apenas nas comemorações de Natal, mas todos os dias do ano”, reforça o 269life Nordeste.

No Brasil, são mortos cerca de oito milhões de perus a cada Natal. Desse total, aproximadamente 90% é comercializado pela BRF, segundo a própria empresa. São milhões de vidas ceifadas para saciar o “paladar natalino”. Geralmente a ave, que viveria naturalmente até os 15 anos, é morta com pouco mais de dois meses, e peso que varia de três a seis quilos, considerado o ideal para o Natal.

As fêmeas são as preferidas porque não crescem tanto quanto os machos, assim tendo maior aceitação comercial nessa época do ano. Quando atingem o peso almejado pela indústria, os perus são deixados em jejum, para favorecer o esvaziamento gástrico. Depois são transportados até o matadouro em gaiolas apertadas sobre caminhões.

No matadouro, o abate é feito introduzindo uma faca de dois gumes pela garganta do animal, assim cortando as artérias e as veias do pescoço enquanto ele se debate de cabeça para baixo, com os pés presos por grilhões. Mais tarde, o peru é depenado em água bem quente, limpo, embalado e comercializado como qualquer produto jamais dotado de vida. Em pouco tempo, ele é comprado e servido no dia em que é celebrado o nascimento do menino Jesus.

“A ideia em relação à abstenção da carne de peru no Natal também se aplica ao consumo de todos os animais durante todos os dias, independentemente de datas comemorativas, pelo simples fato de todos terem o direito à vida”, destaca o 269life Nordeste.

Locais das manifestações

Recife (PE) – Praça do Marco Zero

Belo Horizonte (MG) – Praça da Savassi

Ipatinga (MG) – Parque Ipanema

São Paulo (SP) – Masp


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui