Reconhecimento

Joaquin Phoenix ganha prêmio “Personalidade do Ano” por seu ativismo em defesa dos animais

A entidade responsável pelo prêmio, PETA, diz que o ator “nunca perde a oportunidade de desviar os holofotes de si mesmo para trazer à luz a luta pelos direitos animais”

Foto: Jo-Anne McArthur/We Animals
Foto: Jo-Anne McArthur/We Animals

O ator Joaquin Phoenix foi nomeado “Personalidade do Ano de 2019 ” pela PETA.

Phoenix, que é vegano desde os três anos de idade, trabalha com a instituição de defesa dos direitos animais há décadas em campanhas contra lã, pesca e couro de animais, entre outras.

Direitos animais

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Nos últimos 12 meses, o vencedor do Oscar esteve envolvido em várias campanhas de defesa dos animais.

Isso inclui (mas não se limita a) aparecer em outdoors da PETA na Times Square de Nova York e na Sunset Boulevard em Los Angeles nos EUA e liderar um serviço de memorial (funerário simbólico) em março, no Dia Nacional dos Direitos Animais.

Ele apoiou uma grande campanha da organização de justiça animal BeFairBeVegan, aparecendo no evento de lançamento em uma estação de trânsito em Toronto, no Canadá. Além disso, ele é o produtor executivo do filme “The Animal People”, um documentário que segue ativistas pelos direitos animais que foram suprimidos por poderosos interesses da indústria.

“Absurdo e bárbaro”

Falando sobre animais durante sua turnê de imprensa do filme “Joker” (Coringa) no início deste ano, ele disse: “Não quero causar dor a outra criatura viva e empática”.

“Não quero levar seus bebês para longe deles. Não quero forçá-los a ficar em ambientes fechados e engordar apenas para serem mortos. São atos absurdos e bárbaros”.

“Um ótimo exemplo”

“Joaquin Phoenix nunca perde a oportunidade de desviar o foco de suas atenções para a situação dos animais e dar um ótimo exemplo como seguir um estilo de vida vegano”, disse Ingrid Newkirk, fundadora da PETA, em comunicado enviado ao Plant Based News.

“A PETA se orgulha de iniciar a temporada de premiações honrando sua dedicação em mostrar a todos que, quando se trata de sentir medo, dor e amor, um ser humano não é diferente de uma galinha ou um hamster”.

Phoenix se junta aos demais vencedores, incluindo Ricky Gervais, Pamela Anderson e o falecido Sir Roger Moore.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui