Decisão judicial

ONG consegue impedir realização de rodeio em Mairiporã (SP)

Foto: Reprodução/Vegazeta

Evento com rodeio, tourada e “mesa da amargura” seria realizado hoje (14) e amanhã (15) na Região Metropolitana de São Paulo


A ONG Compata, que atua em defesa dos animais, conseguiu impedir a realização de rodeio, tourada e “mesa da amargura”, que ocorreriam hoje (14) e amanhã (15) em Mairiporã, na Região Metropolitana de São Paulo.

Foto: Reprodução/Vegazeta

Segundo a advogada Thaís Viotto, que representa a Compata, do Rio Grande do Sul, tudo começou em setembro, quando uma ação civil pública já havia garantido a proibição em Mairiporã de todos os tipos de rodeios, vaquejadas e touradas.

No entanto, na tentativa de burlar a sentença, segundo a advogada, um dos organizadores que já estava proibido de promover esse tipo de evento tentou realizar as provas em nome de outras pessoas.

“Mas conseguimos decisão a favor dos animais, já que a juíza acolheu o pedido da ONG e barrou o rodeio. Assim seguimos em frente, pelo bem dos animais e de uma sociedade pacífica e justa para todos, como preconiza o artigo 3 da Constituição Federal de 1988”, defende Thaís Viotto.

Saiba Mais

Mesa da amargura é uma prova em que uma mesa é colocada no centro de uma arena e um touro é solto em meio aos participantes. Enquanto são servidos com cerveja, aquele que ficar sentado diante da mesa por mais tempo vence.

Filme sobre crueldade nos rodeios vence festival 

Um filme sobre a crueldade nos rodeios venceu recentemente o Ottawa International Vegan Film Festival (OIVFF), no Canadá. Dirigido por Sharon M. Boeckle, “Bucking Tradition” levou o prêmio de Melhor Filme e Melhor Filme de Bem-Estar Animal em disputa com filmes de 13 países.

Um dos jurados do festival, Jim Amos, disse que muitas vezes chamamos a atenção para a crueldade nas touradas, mas ignoramos a brutalidade dos circuitos de rodeios que estão tão próximos de nós.

Sharon M. Boeckle defende que o que legitima a prática do rodeio é o seu status de “suposto esporte” associado ao romantismo da cultura ocidental. Em breve, o filme deve chegar às plataformas digitais.

Enquanto a violência contra animais nos rodeios é um tema crescente em discussão no mundo todo, no último dia 4 o presidente Jair Bolsonaro sancionou o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 108/2018, de autoria do deputado Capitão Augusto (PL-SP), que cria o Dia Nacional do Rodeio, a ser celebrado no dia 4 de outubro, data em que se comemora o Dia Mundial dos Animais e o Dia de São Francisco de Assis.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui