Crime brutal

Gato morre após ser alvejado por mais de 100 tiros de chumbinho

Reprodução/Facebook

O gato foi resgatado com vida e encaminhado a uma clínica veterinária, mas não resistiu aos ferimentos


Um gato foi morto ao ser alvejado por mais de 100 tiros de chumbinho em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. A maior parte das balas estava concentrada na cabeça e no tórax do animal.

Reprodução/Facebook

O crime aconteceu na quinta-feira (5) e o gato chegou a ser resgatado com vida, mas não resistiu aos ferimentos.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O animal foi examinado pela médica veterinária Renata Marçolla. Segundo ela, a pessoa que o resgatou afirmou ter ouvido tiros durante a madrugada. O gato foi encontrado coberto de sangue, na rua.

“Ele chegou aqui muito debilitado e com muito sangue pelo corpo. Inicialmente achávamos que ele tinha sido agredido porque ao lado dele foi encontrada uma pá”, disse a veterinária ao UOL.

Reprodução/Facebook

O animal foi submetido a um exame de raio-x que mostrou perfurações de tiros no corpo dele. “Nunca tínhamos visto nada parecido. Uma crueldade tão grande, algo que não dá nem para imaginar”, contou.

A profissional usou as redes sociais para desabafar sobre o caso. “Depois de alguns anos de formada a gente acha que já viu de tudo, mas quando a gente se depara com esse tipo de maldade choca demais! O animal está com vários fragmentos de projétil de arma de fogo (tiro)! Pra que fazer isso com um animal que não faz mal a ninguém?”, escreveu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui