Maus-tratos

Gato com “dreads” de 1,5 kg é resgatado após ser abandonado na rua

Foto: Reprodução/Daily Mail

Voluntários da ONG que resgatou o gato afirmaram que nunca viram “dreads” tão impressionantes em um gato de pelo curto


Um gato de nove anos foi resgatado após ser abandonado com pelos emaranhados que formavam uma espécie de “dreads” que pesavam 1,5 kg. O caso aconteceu na região de Bretanha, na França.

Foto: Reprodução/Daily Mail

Com tantos nós no pelo, o animal não conseguia se limpar, o que prejudicava sua qualidade de vida. As informações são do portal R7.

Ativistas pelos direitos animais ficaram comovidos com o caso. O emaranhado de pelo visto no animal acontece quando os gatos não se sentem bem ou estão com sobrepeso e param de se limpar. Com isso, os pelos se unem e ficam rígidos.

O caso de Chamade, como passou a ser chamado o gato, era tão grave que não teve como ser solucionado com escovação e o animal teve que ser tosado.

Foto: Reprodução/Daily Mail

Após os pelos serem retirados, o gato demonstrou estar mais tranquilo e confortável. Após o resgate, ele ficou sob a responsabilidade do abrigo Radeau des Animaux. Os tratadores do local disseram que nunca viram “dreads” tão impressionantes em um gato de pelo curto.

Após receber os cuidados necessários, o gato foi adotado e agora está sendo amado e bem tratado.

Outro caso

A história de Chamade lembra o caso de Sinbad, um gato persa resgatado em outubro com 6 kg de pelos nos Estados Unidos.

O gato foi abandonado em frente ao Dougals County Animal Care & Services, em Nevada. A hipótese levantada pelos profissionais do local é de que o animal tenha sido negligenciado por anos. O caso é investigado pela polícia.

Foto: Reprodução/Facebook/Douglas County Animal Care & Services
Foto: Reprodução/Facebook/Douglas County Animal Care & Services

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui