Maus-tratos

Carlos Bolsonaro conta que jogou bomba em cachorro de vizinho

Marcelo Régua

A revelação teria sido feita durante conversa com parlamentares na Câmara Municipal do Rio de Janeiro


O vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, revelou que jogou uma bomba contra o cachorro de seu vizinho.

Foto: Marcelo Régua

O caso foi relatado pelo vereador a outros parlamentares durante conversa na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. As informações são do blog do jornalista Alcemo Gois, do jornal O Globo.

Conforme divulgado, Carlos contou o caso enquanto brincava com seus colegas de trabalho, aparentemente sem qualquer arrependimento.

Aos vereadores, ele afirmou que jogou uma “Malvina”, espécie de bomba caseira, contra o cachorro, que “não parava de latir”. Carlos não revelou se o artefato atingiu o animal e se ele ficou ferido.

O ato promovido pelo parlamentar configura crime de maus-tratos a animais e pode ser punido com até um ano de detenção, além de multa.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


2 COMENTÁRIOS

  1. Nâo dá um ano de detenção. A lei brasileira só dá detenção se estiver escrito que pode pegar quatro anos no mínimo. Mas ele teria de ter pago de alguma forma. Muito triste um parlamentar assumir tal crime sem arrependimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui