Livre de crueldade

Alternativas à carne ganham “tecnologia inédita” no Brasil

Alternativas à carne que imitam cortes de frango estão entre as apostas da R & S Blumos (Foto: Vegan Gluten Free Life)

Iniciativa é resultado do crescente interesse dos brasileiros por alimentos à base de plantas


Uma empresa brasileira fundada em Campinas (SP) está investindo em soluções de alta tecnologia para a produção de alternativas à carne que imitam cortes de frango, porco e peixes. A iniciativa é resultado do crescente interesse dos brasileiros por alimentos à base de plantas, além da preocupação em incentivar o consumo desses produtos.

Alternativas à carne que imitam cortes de frango estão entre as apostas da R & S Blumos (Foto: Vegan Gluten Free Life)

A R & S Blumos anunciou que sua mais recente aposta é em uma nova fábrica em Cotia (SP), onde será colocado em prática processo inédito no Brasil de extrusão úmida de proteínas, permitindo a criação de “texturas e estruturas até então impossíveis” de versões vegetais de carnes ou “carne sem carne”.

Para alcançar esse objetivo, a empresa firmou uma parceria com o grupo Wenger, que é líder global em processos de extrusão. A previsão é de que no primeiro trimestre de 2020 seja possível fornecer seus produtos ao mercado industrial e de “food service”.

“Trata-se do maior investimento da história da empresa e marcaremos uma nova fase no desenvolvimento do setor no Brasil e na América do Sul”, garante o diretor de estratégia e novos negócios da R & S Blumos, Fernando Santana.

A expectativa é de que a nova linha de ingredientes da marca amplie a presença da empresa no mercado de produtos à base de plantas. Hoje a marca é conhecida no setor de fornecimento de proteína texturizada de ervilha, ligantes naturais, fibras e amido.

De acordo com o diretor geral do Good Food Institute (GFI) no Brasil, Gustavo Guadagnini, a R & S Blumos está trilhando um caminho promissor porque a transformação da indústria de alimentos depende da disponibilidade de ingredientes de alta qualidade e processos inovadores.

“O primeiro passo de uma transformação na cadeia de produção de alimentos é o investimento em ingredientes mais sofisticados, sustentáveis e saudáveis, que permitem novas aplicações e produtos que antes não seriam possíveis, transformando os hábitos alimentares dos consumidores”, destaca Guadagnini.

Saiba Mais

O Good Food Institute é parceiro da R & S Blumos no projeto de desenvolvimento de “carne sem carne”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui