Proteção animal

Ceará: Guaramiranga e Quixadá terão Réveillon com fogos silenciosos

Foto: Marco Aurélio

A decisão visa proteger animais, pessoas idosas, doentes, crianças e autistas, que sofrem com o barulho dos fogos de estampido


Guaramiranga e Quixadá, no Ceará, terão uma queima de fogos silenciosa no Réveillon. Na cidade de Guaramiranga, a decisão pelos explosivos sem estampido foi tomada após um acordo ser firmado entre a prefeitura e o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da Promotoria de Justiça do município. Em Quixadá, a administração municipal optou por uma festa mais silenciosa para atender a um pedido de parte da população.

Foto: Marco Aurélio

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmando entre o MP e a Prefeitura de Guaramiranga determinou o uso de fogos de efeitos visuais, sem estampido. Rojões “treme-terra” foram proibidos. As informações são do G1.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

No documento, a administração municipal se obriga a “não conceder licenças e/ou anuências ambientais, bem como alvarás para realização de eventos que possam promover queima de fogos barulhentos”, informou o MPCE.

A prefeitura se comprometeu ainda em manter, em um prazo de 90 dias, um projeto de lei à Câmara Municipal para proibir, em locais fechados e abertos, públicos e privados, a soltura de fogos de estampido e de artifício, assim como qualquer outro que produza ruído. A venda desses tipos de explosivos também será proibida pela proposta.

O termo foi assinado após moradores da cidade reclamarem do sofrimento causado pelos fogos ruidosos a pessoas idosas, doentes, crianças, autistas e animais, segundo o MPCE.

Em Quixadá, o show pirotécnico terá duração de cerca de 10 minutos e também será silencioso, conforme anunciado pelo secretário municipal de Turismo, Pedro Baquit. A decisão atende a pedidos feitos por moradores, inclusive através das redes sociais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui