Vídeo mostra mãe coala e seu bebê sedento recebendo água de moradores australianos


Foto: Instagram/shitadelaide
Foto: Instagram/shitadelaide

Enquanto a Austrália do Sul atravessa uma onda de calor e incêndios florestais recorde, não são apenas as pessoas que sofrem com as condições climáticas terríveis.

Dois moradores do sul de Adelaide (Austrália) encontraram um coala aterrorizado com seu filhote ao lado buscando abrigo em sua casa em um dia em que a temperatura estava programada para atingir os 46ºC.

Os bons samaritanos ajudaram o casal adorável, dando-lhes uma tigela de água, em um vídeo compartilhado na página S*it Adelaide Instagram.

Nat Parsons e seu parceiro Tom encontraram os coalas no portão da frente de sua casa enquanto se dirigiam para o trabalho pela manhã.

“Esses dois coalas, mãe e bebê, estavam com muito calor e era visível o quanto estavam desgastados”, disse ela ao Daily Mail Australia.

O casal aproximou-se dos coalas aterrorizados com uma tigela de água e um pouco de gelo e encontrou o filhote se agarrando desesperadamente à mãe.

Foto: Instagram/shitadelaide
Foto: Instagram/shitadelaide

A mãe podia ser ouvida grunhindo para o casal como um aviso para não chegar perto, como Tom avisou a Nat: “Cuidado, ela pode arranhá-la”.

Nat então gentilmente coloca a tigela de água perto dos coalas enquanto pergunta: “Você precisa de uma bebida?” antes de recuar para dar-lhes algum espaço.

“Foi comovente vê-los nesse estado, mas estamos felizes por eles estarem aqui de manhã cedo quando estávamos em casa e poderíamos ajudar”, disse ela.

Após um tempo o filhote pode ser visto pulando do colo de sua mãe e bebendo uma segunda vez da tigela de água enquanto a mãe fica atenta em outro vídeo compartilhado no stories do Instagram.

O casal mora perto do Hallet Cove Conservation Park, então acredita que os coalas estavam perto de sua casa, mas se aventuraram no calor para encontrar água.

“Nós os vimos cada vez mais nos dias quentes e a comunidade local sempre faz o possível para ajudar”, disse ela.

A RSPCA da Austrália do Sul aconselhou que o calor extremo pode ter “consequências devastadoras” para a vida selvagem.

Eles pediram que as pessoas deixassem fora água limpa e fresca em tigelas rasas em locais sombreados.

Eles também aconselharam as pessoas a não alimentar ou tocar nos animais.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>