Lutador vegano conquista 9º título mundial em campeonato de Jiu-jitsu brasileiro


O lutador veterano vegano, David Meyer, adicionou à sua incrível lista de conquistas o título mundial no Campeonato da IBJJF (Federação Internacional de Jiu-Jitsu Brasileiro). A vitória foi ainda mais impressionante porque o jogador de 56 anos lutou em duas categorias.

Competindo em Anaheim, Califórnia (EUA), o atleta perdeu uma final apertada para conquistar o bronze em sua própria categoria de peso (peso médio), além de ganhar ouro na categoria de Peso Aberto para sua faixa etária, Mestre 6.

A vitória é seu nono título mundial em uma carreira que continuou até a meia-idade, graças a uma alimentação vegana, diz Meyer.

“Moralmente comprometido em não prejudicar animais”

“Eu era vegetariano desde 1985 e experimentei passar a comer principalmente de forma vegana, e sou totalmente vegano desde 2000”, disse ele a revista Great Vegan Athletes.

“Minha motivação é toda para não prejudicar os animais. Eu experimentei e descobri que é uma maneira extremamente saudável de se alimentar. Além de me dar mais energia, também é melhor para o meio ambiente. Estou moralmente comprometido em não prejudicar os animais”.

Primeiras conquistas veganas

Meyer foi o primeiro americano a vencer uma competição de faixa preta no Brasil e o primeiro americano a ganhar uma medalha em um campeonato mundial de faixa preta. Ele espera que suas conquistas ajudem as pessoas a ver o valor de uma dieta baseada em vegetais.

Ele disse: “Espero que, à medida que mais e mais pessoas ouvirem sobre o veganismo, estejam abertas a considerá-lo e perceberem que é uma maneira natural e inteligente de comer”.

“Quando as pessoas param pra analisar o consumo de animais, aprendem que os animais têm o direito de viver”, concluiu o atleta. As informações são do Plant Based News.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>