PETA critica exploração dos animais para entretenimento na abertura do zoo de Sydney


Inauguração Sudney Zoo | Getty Images
Inauguração Sudney Zoo | Getty Images

A abertura do zoológico de Sydney, na Austrália, causou uma onda de críticas de ativistas dos direitos animais, que ressaltaram que os animais não deveriam ser mantidos em cativeiro para entretenimento de humanos.

Chamado de Parque Bungarribee, e localizado perto de Blacktown, no oeste da cidade, o zoo foi inaugurado no sábado (07) e manterá em cativeiro, explorando para entretenimento, uma grande variedade de animais.

Antes da festa de inauguração, a PETA disse que a abertura do novo zoológico “não é motivo de comemoração”.

Babuínos Maimunah e Santan vieram da África e estarão para zoológico de Sydney | Foto: PR Image
Orangotangos Maimunah e Santan vieram da África para zoológico de Sydney | Foto: PR Image

“Mesmo nas melhores circunstâncias do melhor zoológico, os animais selvagens sofrem tremendamente, tanto física quanto mentalmente”, disse Emily Rice, porta-voz da PETA.

“Devido à frustração da vida em cativeiro, eles geralmente exibem comportamento neurótico, como estimulação incessante, oscilação e mordem as barras de suas jaulas ou gaiolas”.

Ela disse que os zoológicos estão enganando o público ao fazer as pessoas acreditarem que os animais acabariam sendo liberados na natureza.

“Os zoológicos colocam a justificativa para o crime de afastar animais selvagens de seu habitat, na conservação das espécies. Nenhum leão, chita, chimpanzé ou outro animal nascido nessas instalações jamais será liberado na natureza”, disse ela.

Mary, a chimpanzé vinda da África para o zoológico de Sydney | Foto: PR Image
Mary, a chimpanzé vinda da África para o zoológico de Sydney | Foto: PR Image

O lema da PETA é: “Os animais não são nossos para que sejam explorados como entretenimento ou abuso de qualquer outra maneira”.

Eles pediram que as pessoas não comparecessem ao zoológico e doassem dinheiro para organizações que trabalham para proteger os animais.

“No final do dia, o público pagante pode voltar para casa, mas os animais permanecem em cativeiro como exposições vivas usadas para atrair multidões até o dia em que morrem”, disse Rice.

O zoológico é o primeiro a ser construído em Sydney em mais de um século e manterá em cativeiro répteis, elefantes e macacos.

O Daily Mail Australia entrou em contato com o Sydney Zoo para comentar.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>