Número de onças-pintadas aumenta 27% no Parque Nacional do Iguaçu


A onça-pintada está criticamente ameaçada de extinção na Mata Atlântica


O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) divulgou dados que apontam um aumento de 27%, em dois anos, no número de onças-pintadas que vivem no Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Foto: Claudia Camurça

Um censo da espécie tem sido feito desde 2009 por especialistas do projeto Onças do Iguaçu. No mês de novembro foi divulgado o último levantamento, referente ao resultado de 2018. Foram encontradas 28 onças no parque, o que indica um aumento de 27% em comparação a 2016, quando 22 animais da espécie viviam no local. Em 2009, eram 11 onças-pintadas.

Os animais são monitorados no parque por meio de câmeras e outros equipamentos. A espécie está criticamente ameaçada de extinção na Mata Atlântica. As informações são do portal oficial do ICMBio.

O objetivo do Projeto Onças do Iguaçu é conservar a onça-pintada como espécie-chave para garantir a manutenção da biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu. Para isso, são estudados deslocamento, comportamento e dieta das onças.

O projeto também mantém contato constante com a comunidade local para trocar informações a respeito da convivência pacífica entre pessoas e onças.

Atualmente, mais de 80 armadilhas fotográficas, espalhadas pelos 185 mil hectares do parque, são usadas para monitorar as onças-pintadas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS

TRAGÉDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>