Homem pinta cachorro com tinta azul e é preso por maus-tratos


O caso foi denunciado à polícia por ativistas pelos direitos animais. O homem confessou o crime


Um homem foi preso na República Dominicana após pintar um cachorro com tinta azul. Imagens do caso viralizaram na internet e revoltaram ativistas.

Reprodução/Jornal Crónica

Com a repercussão do vídeo, o homem foi denunciado à polícia e acabou preso. De acordo com o jornal argentino Crónica, as imagens foram divulgadas na internet pela pessoa que as gravou. As informações são do portal RIC Mais.

O responsável pelos maus-tratos, que é ferreiro e pintor, foi levado a um tribunal. Ele confessou o crime, mas afirmou que pintou o cachorro numa tentativa de curá-lo de uma sarna. Ele pediu desculpas pelo ato.

De acordo com o tutor do cão, a tinta havia sido recomendada por outra pessoa e funcionaria como um remédio caseiro.

A substância, no entanto, é tóxica, e pode matar animais por envenenamento. Apesar disso, o cachorro sobreviveu e recebeu tratamento veterinário.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.



Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>