Tráfico de animais

Centenas de patas de urso com destino à China são descobertas em operação policial

A carga, que incluía também patas de tigre siberiano e marfim de mamute, foi interceptada no posto fronteiriço de Kraskino, que liga a China e a região de Primorsky da Rússia

Foto: FSB Border Control/The Siberian
Foto: FSB Border Control/The Siberian

Uma carga com 240 patas de urso, que supostamente estava a caminho da China. foi apreendida pelos serviços de segurança russos.

Duas patas de um tigre Amur, espécie ameaçada de extinção, e um par de presas de mamute, também extinto, foram encontradas no transporte ilegal.

Acredita-se que as partes dos animais tinham como destinado a China para serem utilizadas em medicamentos tradicionais e iguarias alimentares.

As patas descobertas na fronteira chinesa são de ursos do Himalaia – ou ursos negros, endêmicos do extremo leste da Rússia – e é provável que tenham sido obtidas por meio da morte de cerca de 60 animais.

“Dois cidadãos russos e dois estrangeiros foram detidos”, disse um comunicado da agência de segurança FSB.

Eles podem pegar até sete anos de prisão por traficar partes de tigre e de urso, além de marfim para fora da Rússia, disse o serviço de segurança.

Um total de 44 patas de urso e duas patas de Amur, ou tigre siberiano, foram apreendidas de dois “estrangeiros” no posto fronteiriço de Kraskino, que liga a China e a região de Primorsky da Rússia.

Mais tarde, 198 patas de urso e duas presas de mamute foram encontradas em uma garagem de uma casa ligada à suposta rede de contrabando.

Foto: FSB Border Control/The Siberian
Foto: FSB Border Control/The Siberian

Quatro sacos com partes dos corpos de animais não identificados também foram apreendidos e agora serão analisados.

Sergey Aramilev, diretor geral do Amur Tiger Center (Centro do Tigre de Amur), disse que as patas do tigre pertenciam a um animal que morreu no início deste ano.

Os tigres estão entre os grandes felinos mais ameaçados do planeta. “Isso é claramente um crime”, disse Sergey.

“Todas as circunstâncias do crime e todas os elos do círculo criminal serão estabelecidos durante a investigação”.

Foto: FSB Border Control/The Siberian
Foto: FSB Border Control/The Siberian

“Mais importante agora é estabelecer onde estão as partes restantes do tigre”.

Ele alertou que apenas uma “pequena parte” de uma grande operação de tráfico de partes de animais selvagens é conhecida e alcançada pelas autoridades.

Ele também elogiou o FSB pela operação bem-sucedida em desmantelar uma rota de contrabando.

Pratos feitas com patas de urso – como sopas e ensopados – podem alcançar preços de até 750 libras, conforme relatado.

Foto: FSB Border Control/The Siberian
Foto: FSB Border Control/The Siberian

Patas de urso e de tigre também são transformadas em remédios tradicionais para supostamente fortalecer o baço e o estômago. Podem ser usados para combater o reumatismo.

As presas de mamute também são moídas e transformadas em pó para serem usadas em medicamentos e cosméticos tradicionais.

Foto: FSB Border Control/The Siberian
Foto: FSB Border Control/The Siberian

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui