Maus-tratos

Galo é estimulado a beber cerveja em pub irlandês

No vídeo, frequentadores do bar aplaudiram a ave, chamada Seamus, falando que o pássaro “ficaria tontinho” depois de tomar a bebida da caneca

Foto: Irish Mirror/Reprodução
Foto: Irish Mirror/Reprodução

As imagens, que viralizaram nas redes sociais, flagram o momento terrível em que um galo é colocado em frente a um copo com cerveja e estimulado a beber o líquido em um pub irlandês.

A ave foi filmada em pé sobre o balcão de um bar (pub local) ingerindo a bebida de um copo, enquanto os homens ao redor aplaudiam e estimulavam o galo.

O vídeo começa com a ave bicando ao redor curiosa, enquanto os homens a incentivam a beber.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

O homem que filma o galo então diz: “Vamos lá, coloque a cabeça na caneca de uma vez!”.

“Estamos aqui esperando depois de gastar 4,30 euros (em torno de 19 reais) nessa cerveja. Beba!”.

“Ele vai ficar zonzinho depois que beber isso, não é?”.

O galo – chamado de Seamus – continua a enfiar a cabeça na caneca de vidro e toma vários goles enquanto a multidão pode ser ouvida rindo e incentivando a ave com aplausos e palavras gritadas.

No vídeo, os funcionários do bar são vistos andando no fundo, cumprindo suas tarefas habituais.

A Sociedade de Prevenção de Crueldade para Animais de Dublin (The Dublin Society for Prevention for Cruelty to Animals ou DSPCA), desde que tomou conhecimento das imagens, condenou severamente a filmagem, que acumulou mais de 300 mil visualizações no Facebook.

Foto: Irish Mirror/Reprodução
Foto: Irish Mirror/Reprodução

Gillian Bird, porta-voz da DSPCA, disse ao Irish Mirror em 07 de novembro: “O álcool não deve ser oferecido a nenhum tipo de animal, ele é nocivo aos organismo deles”.

“Tratar qualquer animal dessa maneira é um ato de desrespeito. O álcool é uma toxina e não deve ser administrado a um animal em hipótese alguma”.

Uma investigação sobre o caso foi iniciada e a entidade pede que qualquer pessoa com informações sobre o paradeiro do galo ou dos homens envolvidos no incidente entre em contato com a DSPCA através de sua página no Facebook.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui