Coerência

Diretor de “Game Changers” não come carne desde os anos 1980

“Naquele momento, ele estava pendurado de cabeça para baixo, sua pele foi arrancada e ele continuava me observando"

Psihoyos é diretor do documentário que mostra que atletas podem prosperar e garantir grandes resultados seguindo uma dieta à base de vegetais (Fotos: Divulgação)
Psihoyos é diretor do documentário que mostra que atletas podem prosperar e garantir grandes resultados seguindo uma dieta à base de vegetais (Fotos: Divulgação)

O diretor do documentário pró-vegano “The Game Changers”, que no Brasil recebeu o nome de “Dieta dos Gladiadores”, Louie Psihoyos, participou na semana passada do podcast Joe Rogan Experience, revelando que ele abdicou do consumo de carne nos anos 1980.

Psihoyos, que venceu o Oscar em 2009 com o filme “The Cove”, relatou que à época ele estava produzindo uma reportagem para a revista Fortune sobre as maiores fazendas de gado dos Estados Unidos.

“Havia uma em Oklahoma que era tão grande que eles tinham o seu próprio matadouro. Eles matavam esses animais com uma captive bolt pistol [pistola de atordoamento em que um dardo penetra o cérebro da vítima]. Isso deveria ser instantâneo, mas havia um animal que continuava vivo.”

E acrescentou: “Naquele momento, ele estava pendurado de cabeça para baixo, sua pele foi arrancada e ele continuava me observando e me seguindo com os olhos enquanto se debatia. Pensei: “Sou parte disso, então parei de comer carne em seguida.”

Disponível na Netflix desde outubro, o documentário “The Game Changers”, que mostra que atletas podem prosperar e garantir grandes resultados seguindo uma dieta à base de vegetais, conta com produção de James Wilks, James Cameron (mais conhecido por filmes como Titanic, Exterminador do Futuro e Avatar) e Arnold Schwarzenegger, que declara que não precisamos consumir alimentos de origem animal.

Também participam do filme o levantador de pesos alemão Patrik Baboumian, o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton, o maratonista Scott Jurek e o halterofilista olímpico Kendrick Farris, entre outros atletas de diversas modalidades.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui