Comércio de vidas

Cães são forçados a beber água suja para aumentar seu peso antes de serem vendidos para os matadouros

Abusadores enfiam canos pela garganta dos animais e despejam a água de esgoto goela abaixo para poder lucrar mais no comércio de carne de cachorro

Foto: Fight Dog Meat
Foto: Fight Dog Meat

Uma ONG de defesa animal que atua no combate ao comércio de carne de cachorro compartilhou nas redes sociais imagens de um cachorro forçado a beber água de esgoto com o objetivo de aumentar seu peso para ser vendido no comércio de carne vietnamita.

A Fight Dog Meat compartilhou o vídeo em que cinco homens supostamente se preparam para inserir um tubo ou mangueira no estômago do cão para despejar água suja.

A organização de bem-estar animal disse que este é um método comum usado para que os comerciantes possam exigir um preço mais alto dos açougueiros nos matadouros.

“Tubos de plástico imundos são empurrados na garganta dos cães para que a água pútrida, que é escoada dos esgotos, seja introduzida à força no estômago dos animais. Isso é feito para aumentar o peso corporal de cada cão antes de vendê-los aos comerciantes de carne de cachorro para serem mortos”, disse a ONG ao Metro.

“Isso ocorre todos os dias. O cachorro no vídeo está usando uma coleira, então provavelmente é um animal doméstico roubado”.

Embora não tenha sido mostrado nas imagens, a pessoa que testemunhou as cenas disse que o vídeo foi cortado exatamente quando o tubo foi inserido.

Foto: Fight Dog Meat
Foto: Fight Dog Meat

Eles acrescentaram que os abusadores tiveram que fugir depois que os comerciantes os viram, temendo por sua segurança.

Estima-se que o Vietnã consuma cinco milhões de cães por ano, enquanto a China come cerca de 20 milhões.

Domingo último (03), o último matadouro de carne de cachorro foi fechado em Seul, na Coreia do Sul.

Hanói, capital do Vietnã, proibiu a comercialização de carne de cachorro por completo e ONGs que atuam pelos direitos dos animais em todo o mundo aplaudiram a decisão.

Foto: Fight Dog Meat
Foto: Fight Dog Meat

De acordo com a ONG Humane Society: “Os cães são amontoados na traseira de caminhões e são levados por dias até os mercados de carne de cachorro ou matadouros. Eles ficam presos em condições terríveis durante a viagem: doentes, famintos, com sede, feridos e com medo – para depois serem espancados até a morte ou enforcados em seu local de destino”.

A carne de cachorro, conhecida como Thit Cho no Vietnã, está arraigada culturalmente como fonte de alimento no país. Para alguns, comer cachorro não é diferente de consumir qualquer outro animal.

Algumas pessoas também acreditam que comer carne de cachorro até o final do mês ajuda a apagar a má sorte coletada nas semanas anteriores.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui