Inteligência

Cachorrinha aperta a campainha para avisar os tutores que ficou trancada do lado de fora

Ao se ver sozinha e impedida de entrar, Chika resolve agir e usa primeiro seu nariz e depois sua patinha para tocar a campainha e acordar sua família de madrugada

Foto: Caters News Agency
Foto: Caters News Agency

Uma cachorrinha inteligente que foi acidentalmente trancada do lado de fora de casa por seus tutores, não aceitou seu destino e tocou a campainha para poder entrar novamente na residência.

Chika, uma cadelinha sem raça definida mista de labrador, ficou presa do lado de fora de sua casa em McDonough, na Geórgia, EUA, depois que seu tutor Robert Fox foi dormir.

Horas se passaram, a madrugada chegou e a cachorrinha se viu sozinha, ela então começou a vasculhar seu cérebro em busca de uma solução. Ela finalmente teve coragem de tocar a campainha às 2h18.

O senhor Fox, Angelia Fox e seu filho Gavin Cooper estavam dormindo. Mas, ao som da campainha, o sr. Fox acordou cansado e confuso e foi investigar quem seria aquela hora da noite, no dia 29 de outubro.

Ele ficou surpreso com sua amada companheira canina na varanda da frente e, imediatamente, deixou a cachorrinha entrar depois de perceber seu erro.

Imagens incríveis capturadas da câmera instalada acima da campainha da família mostram Chika tentando chamar a atenção de seus tutores tocando a campainha duas vezes.

O vídeo começa com a cabeça da cadelinha aparecendo pela lado de baixo da imagem. Ela então usa o focinho para pressionar a campainha e o toque ser ouvido.

Foto: Caters News Agency
Foto: Caters News Agency

Chika volta para a varanda e espera para entrar. Depois de um tempo, ela parece ver ou ouvir alguma coisa e desce correndo os degraus da frente.

Mas a cachorrinha esperta não desiste e retorna mais tarde, dessa vez usando sua pata para tocar a campainha pela segunda vez.

O vídeo termina quando ela recua e aguarda pacientemente pela chegada de sua família.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui