Resgate

Burrinho abandonado que passou a vida comendo lixo ganha um recomeço

Marty não tinha como se levantar pois seus cacos estavam tão grandes que ele mal conseguia se manter em pé e quando o fazia seus pés ficam tortos e doíam muito

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

Ninguém sabe exatamente há quanto tempo Marty, o burro, não conseguia se mexer. Há pouco tempo, Marty morava em uma estrada na região de Múrcia, na Espanha. Ele passava o tempo todo sozinho em um pequeno pedaço de terra e não via outro burro há anos.

Quando um socorrista finalmente chegou para ajudar Marty a ficar de pé, estava claro que ele mal conseguia se levantar.

Quando os socorristas olharam para as extremidades de suas pernas, identificaram o porquê: seus cascos estavam terrivelmente cobertos de vegetação, forçando seus pés ficarem em posições torcidas.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

Marty não conseguia andar sem dor. Ele também estava desnutrido por ser alimentado apenas com pão e lixo por “seu tutor”.

A polícia alertou o socorrista local Rod Weeding, cofundador do Centro de Resgate Easy Horse Care (EHCRC) na região de Alicante, sobre esse burro negligenciado, e Weeding chegou para ajudá-lo.

Wedding conseguiu acalmar Marty e convencê-lo a se levantar. Quando ele o fez, Marty saiu de sua antiga casa para sempre.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

Assim que chegou ao santuário, Marty recebeu um balde de comida fresca. Depois que ele percebeu que havia outros burros como ele ao seu redor, ele começou a chamá-las – e ele provou ter uma voz bastante forte.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

“Apesar desses abusos, ele é um rapaz de natureza muito gentil”, escreveu o EHCRC. “Faremos tudo o que pudermos para reabilitá-lo e oferecer a ele uma qualidade de vida boa e sem dor”.

A princípio, Weeding não tinha certeza se Marty seria capaz de andar sem dor.

Depois que o ferrador veio aparar seus cascos, o prognóstico de Marty passou de incerto a incrivelmente positivo.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

“Surpreendentemente, isso funcionou”, disse Sue Weeding, co-fundadora do EHCRC, ao The Dodo. “Todo mundo está realmente muito surpreso. Ele se move absolutamente normalmente”.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

Mas, tão animado quanto Marty é, ele ainda precisa de tempo para curar.
“Ele está muito interessado em sair para a área aberta e conhecer todo mundo”, disse Sue Weeding. “Ele está cheio de energia. Só precisamos de um pouco mais de tempo para que seus ligamentos e tendões voltem ao normal”.

Marty está mostrando aos seus socorristas que ele é capaz de correr – e ele está usando apenas sapatos de plástico temporários enquanto se recupera dos tais cascos retorcidos.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

“Ele fica muito, muito determinado mesmo, quando vê outro burro ou cavalo”, disse Sue Weeding. “Ele fica animado e quer estar com eles.”

Em breve, Marty estará pronto para o futuro brilhante e feliz que ele tem pela frente.

“Ele levará uma vida completamente normal aqui na Easy Horse Care”, disse Sue Weeding, “assim que pudermos deixa-lo se juntar a seus amigos”.

Foto: Elaine Warnock
Foto: Elaine Warnock

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui